sábado, 20 de março de 2010

O Cadafalso


A fria lâmina do teu beijo,

O sólido mármore do teu corpo,

São o caminho para o cadafalso...

Choro impiedoso de um passo em falso.


E a espada cai em gotas de sangue,

Devoções a uma conspiração divina,

Cai agora leve e exangue,

Porque um dia será corrompida.


Mas para quê viver um amor tão profundo?!

Não quero gritar aquilo que sinto pois

Foi no meu olhar que se tornou soturno!


Querer-me assim despedir do Mundo!

Ficar sem cabeça como Ana Bolena,

Que por amor e ambição caíu bem fundo...


3 comentários:

Lady Evyan disse...

Hoje resolvi fazer uma ronda pelas doces criaturas da trevas que seguem o meu humilde e negro cantinho cibernético...

Gosto bastante das imagens que escolhes para acompanhar os teus posts!

Creio que o teu cadafalso tem um s a mais... ;)

Dark Soul disse...

adoro os poemas, as imagens e o blog em geral! pessoalmente acho que os teus gostos são bastante parecidos com os meus... gostava de poder falar contigo. aqui fica o meu mail, se quiseres adiciona: ivo4594@hotmail.com

Corina de Oliveira disse...

Adorei o teu blog! :) É simplesmente único!

Se quiseres faz uma visitinha ao meu espaço:

http://o-meu-reino-da-noite.blogspot.com/

Beijinhos e obrigada *